, ,

Carly Fleischmann – Quebrando as Barreiras do Autismo

2nd abril, 2013Nenhum Comentário »

Hoje é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, nada melhor para comemorar esse dia trazendo uma lição de vida!

Carly

Vamos conhecer a história de Carly Fleischmann, uma canadense que conseguiu quebrar as barreiras do autismo e se comunicar com o mundo através do computador. “Desde que me lembro, sou diagnosticada com autismo” – afirma Carly na tela de seu computador de forma lenta e com algumas interrupções.

Carly tem uma irmã gêmea que com o passar do anos era claramente notável a diferença de desenvolvimento entre elas, aos dois anos, ficou claro que havia algo de errado. Os pais procuraram ajuda de especialistas, tratamentos e o que fosse necessário para ajudar sua filha se comunicar e se desenvolver. “Quando dizem que sua filha tem um atraso mental e que, no máximo atingirá o desenvolvimento de uma criança de seis anos, é como se você levasse um chute no estômago”, diz o pai de Carly.

Carly

Até os 11 anos, Carly não era capaz de andar, sentar, e os familiares e amigos insistiam que os pais parassem com o tratamento que era muito caro, mas o pai sabia que ali atras daqueles olhos ainda estava sua filha que poderia se comunicar a qualquer momento. Até que um dia por extrema necessidade, Carly se levantou e foi em direção ao computador e digitou lentamente H U R T - e um pouco depois digitou – H E L P. Hurt, do inglês “Dor”, e Help significa “Socorro”. Ela nunca havia escrito nada na vida, mas seu poder de associação com as palavras foi o suficiente para que expressasse o que estava sentindo naquele momento. Em seguida, Carly correu do computador e vomitou no chão. Apesar do susto, ela estava bem.

A partir daí, seus pais incentivavam a menina a se comunicar através do computador, quando quisesse algo, quando sentisse algo, etc. Passou alguns meses e ela percebeu que ao se comunicar, ela tinha poder sobre o ambiente. E as primeiras coisas que Carly disse aos terapeutas foi “Eu tenho autismo, mas isso não é quem eu sou. Gaste um tempo para me conhecer antes de me julgar”.

Carly

Com a ajuda do pai, Carly escreveu um livro sobre o olhar das pessoas com autismo “Carly’s Voice” (A Voz de Carly). No livro ela explica o motivo de alguns comportamentos que autistas possuem, como por exemplo, tapar os olhos ou os ouvidos, segundo Carly isso serve para que seu cérebro pare por um momento de captar informações excessivas que dificultam o processamento e entendimento.

Assista o curta-metragem interativo “Carly’s Café”, baseado em um trecho do livro, e vivencie a experiência de Carly por alguns minutos:

Carly’s Cafe

Carly agora fala com o mundo através de seu Facebook e Twitter, respondendo perguntas sobre comportamento de pessoas com autismo.

Fonte: Obvious

« Autismo – Inclusão Social
Fita Adesiva & Arte – Consegue ver a relação? »

Sobre O Designer

Perfil moderado por: Raphael Miranda - Formado Design Gráfico

» escreveu 158 posts

Sem Comentarios


 

itspossiblefor.us

Siga Nos

Categorias

Parceiros

Users on page

Now online: 2
Overall: 212684

Visitantes

033434
Visit Today : 27
Visit Yesterday : 19
This Month : 802
This Year : 4899
Total Visit : 33434
css.php